SV ESPORTES: A raiz do surf

A raiz do surf 


Considerada a raiz do surf moderno, o longboard era mais conhecido por suas gigantescas e pesadas pranchas. Com o tempo as pranchas foram diminuindo de tamanho e formato, ficaram mais leves, o que tornou o surf cada vez mais rápido. As manobras ganharam velocidade e o esporte tornou-se mais radical. Mas apesar da evolução das pranchas, os clássicos pranchões nunca desapareceram.

 

Há cerca de 15 anos, a modalidade teve o seu renascimento mundial, com a aplicação de novos materiais na confecção dos longboards, tornando-os menos pesados e também possibilitando algumas manobras radicais. O que antes era apenas uma atividade de lazer, praticada principalmente pelas pessoas mais velhas, voltou a ter seus circuitos profissionais e obteve ampla difusão e fortalecimento. Hoje, as praias estão repletas de longboarders.

 

Entre os campeonatos realizados, destaque para o Petrobras Longboard Classic (PLC), um dos eventos mais esperados e badalados do país. A primeira etapa da competição será disputada entre os dias 22 e 24 de maio, na praia de Solemar/Jacaraípe, na Serra - ES, e contará pontos para o Circuito Brasileiro.

 

Considerado um esporte sem fronteiras de idade ou sexo, o longboard reúne atletas profissionais e amadores entre 12 e 50 anos. Os mais experientes viram no pranchão uma forma de prolongar sua carreira, já que esta modalidade é mais baseada em estilo do que em manobras que exigem mais preparo físico.

 

O realizador do PLC, Rico de Souza, um dos pioneiros do surf no Brasil, comenta que o estilo descontraído da modalidade atraiu os atletas mais jovens: “O surf é um estilo de vida e o longboard também. Nas competições de longs o que prevalece é a cordialidade e não a rivalidade. O clima de amizade, família e encontro é contagiante! Costumo dizer que o longboard é uma grande família, a família dos pranchões”.

 

Para Rico, outra vantagem do esporte é que ele agrega praticantes de todas as classes sociais: “Entre os profissionais de ponta, temos muitos exemplos de pessoas das classes menos favorecidas, como o campeão brasileiro de 2006 Carlos Bahia, cujo pai tem uma barraca de água de coco no litoral paulista. Mas entre os praticantes de fim de semana, acredito que a maioria seja de classe média e alta, pois um longboard é ainda mais caro que uma pranchinha”.

 

 

Longboards modernos 

 

 

O pranchão também é o preferido por aqueles que buscam o surf apenas por diversão. Segundo o shaper e empresário Marcos Antônio Alves, o Dedinho, essa é a melhor prancha, não só pela estabilidade, mas por ser calma e se adaptar a qualquer situação: “O mar pode estar pequeno, com o mínimo de ondas que dá para surfar, com a pranchinha não”. No Espírito Santo as melhores praias para se divertir com o pranchão são Jacaraípe, a do Ulé e Santa Mônica, em Guarapari. 

 

Ainda segundo Dedinho, o renascimento do longboard como esporte sem limite de idade deve-se aos pranchões modernos, que seguem duas linhas: o clássico e o progressivo. No estilo Clássico estão presentes pranchas mais largas e compridas; sua linha de surf é bem definida e conta com manobras de bico muito consistentes e constantes. Já o Progressivo agrega manobras e características derivadas das pranchas menores; as pranchas progressivas são mais ágeis e possuem menor largura, tamanho e espessura.

 

Adepto do esporte desde os sete anos, Dedinho explica que surfa com todos os tamanhos de prancha, mas o longboard adapta-se melhor ao seu atual estilo: “Estou com 46 anos e surfo pelo prazer de surfar, sem stress, sem correr por resultado...”.

 

 

Escolha seu pranchão

 

A escolha de uma prancha de longboard deve seguir critérios que levam em conta o peso e o tamanho de cada surfista. Seu custo varia entre R$ 1.450,00 e R$ 3.500 e podem ser encontradas em surf shops ou encomendadas direto com um shaper. Pranchas usadas tamnbém podem ser encontradas facilmente em opções de menor custo.

  • 9"0"" - Prancha tradicional, usada pela maioria dos surfistas do longboard moderno. Leve, surfa ondas pequenas e médias proporcionando boas manobras e anda bem de bico. Pode ser usada por surfistas profissionais, amadores ou iniciantes no esporte, que tenham peso acima de 75 quilos.
  • 9"4"" - Este longboard é usado por surfistas que gostam de surfar no bico da prancha e proporciona um surfe clássico. Ele é um pouco mais largo e oferece uma excelente remada.
  • 9"6"" - Longboard modelo clássico, anda muito bem no bico e tem uma flutuação maravilhosa para um surfe fácil e divertido.

 

 

 

 

 

 

                        

 

 

História

A origem do surf está diretamente ligada à história do longboard que remonta há centenas de anos, nas ilhas da Polinésia. Os nativos da região surfavam em restos de navios ingleses com a finalidade de retornarem mais rápido da pescaria. Com a evolução, as pranchas longboards passaram a ser confeccionadas com compensado de madeira e ganharam o formato que todos conhecem ainda hoje. 

A maior revolução do surf aconteceu na década de 1960, quando o australiano Nat Young transformou os longboards em pranchinhas. As novas pranchas, menores e velozes cairam rapidamente na preferência dos surfistas, mas o longboard nunca desapareceu de vez em lugares como Austrália, Califórnia e Hawai. Em praias de ondas mais radicais os longs praticamente sumiram. Aqui no Brasil também eram raríssimos os surfistas que ainda praticavam o pranchão.

Na década de 1970, o surf passou pelo seu período de profissionalização e em 1976 foi concebido o primeiro circuíto mundial, com etapas em países diversos. Em 1983, foi fundado a ASP, órgão que administra as etapas do surf mundial até hoje.

Em 1986 as competições de longboard foram incluídas em algumas etapas do WCT, marcando o regresso dos pranchões ao cenário internacional. Por ironia o australiano Nat Young reapareceu no longboard, e até hoje é o maior campeão da categoria com quatro títulos mundiais (1986, 1988, 1989 e 1990). Entre os brasileiro o maior vencedor é Picuruta Salazar que disputa esse ano seu 12º título.

 

Texto: Patrícia Almeida; Edição: Bruno Rover.

0 Comentário

EXPEDIENTE

Segunda a Sexta

09:00h as 19:00h

(27) 3317-3746

Agência Digital FCerutti
moda,fashion,revista,shopping,shopping vitoria,vitoria,es,espirito santo,revista online,sv,sv revista,beleza,entretenimento,entrevista,look